StarCraft II: Wings of Liberty

Nº.
Nome
Anotações
Duração
Comprar no iTunes
1
Wings of Liberty
StarCraft II foi anunciado ao mundo em Seul, na Coreia do Sul, em 2008 com a ajuda deste tema de abertura composto especialmente para o evento. A performance foi executada ao vivo por uma orquestra e coral para milhares de fãs enlouquecidos. Mais tarde, mais melodias foram inseridas no mix para representar os jogos originais e novos temas criados para Wings of Liberty e StarCraft: Ghost.
07:15
2
Public Enemy
As várias facetas de Jim Raynor são exploradas nesta montagem. O dobro e a gaita falam deste personagem central com sobretons de um conto de velho oeste. Sua vida romântica complicada e o sofrimento causado pela morte de Kerrigan podem ser vistos através do suave violão.
05:03
3
Heaven's Devils
Os soldados terranos são bem durões em um estilo caubói-caminhoneiro-espacial que precisavam de um aspecto de "freedom rock" e outros hinos pulsantes, portanto a música que embala as missões dos terranos têm este espírito. Esta partitura também bebe na fonte do estilo musical do primeiro StarCraft.
07:06
4
The Deal
Uma das primeiras peças compostas para StarCraft II, esta faixa conseguiu dar uma injeção de adrenalina no vídeo teaser lançado em 2008. No lançamento propriamente dito, os jogadores descobriram os termos de liberação de Tychus Findlay e seu "pacto com o diabo".
04:55
5
Escape from Mar Sara
Perseguido em pleno ar pelos zergs, uma breve, mas épica batalha é capitaneada por Matt Horner até que ele consegue garantir a fuga de Raynor e seus soldados à bordo da Hipérion. No mesmo momento, eles percebem que a Rainha das Lâminas voltou. Todas as forças da orquestra foram empregadas junto com alguns dos riffs de coro mais instensos de toda a trilha.
01:47
6
Zeratul's Warning
Perdido em seus pensamentos, Jim Raynor é surpreendido ao encontrar um antigo e sábio amigo. Insinuações do tema dos protoss entregam a presença de Zeratul antes mesmo de sua aparição e também indicam a exibição da antiga profecia que os colocou juntos ali.
01:45
7
The Prophecy
Símbolos alienígenas de um tempo distante profetizam tempos sombrios pela frente. O discurso de Zeratul sobre o destino de todos é interrompido por um ataque de hidraliscas e um confronto com Kerrigan como Rainha das Lâminas. Vocais assombrosos reforçam o conceito dos protoss e seu lugar no universo, levando ao embate entre Zeratul e os zergs de Kerrigan. Os 78 músicos da Skywalker Symphony Orchestra tornam cada ataque mais violento do que o último e garantem que as palavras proféticas de Kerrigan deixem uma marca na alma de Zeratul.
04:08
8
Firstborn
Jogadores que exploram os mapas inspirados nos protoss são levados a uma viagem timbral através das memórias coletivas desta nobre raça. Cordas orquestrais, sinos e um coral fantasmagórico ao fundo são as cores fundamentais desta paleta. Esta faixa foi uma das primeiras escritas para StarCraft II e acompanhou a primeira aparição da jogabilidade para o público.
06:18
9
I, Mengsk
O Imperador Arcturus e seu filho Valerian têm manipulado o destino de milhões em um estranho contexto de arte sentimental e tradição. Portanto, uma linda Ária pode ser ouvida ao fundo de cenas que mostram terríveis decisões e ordens (algo similar também foi utilizado em StarCraft com vozes femininas e um arranjo diferente). Esta partitura foi criada como uma montagem que explora toda a destruição e corrupção causada pela ascenção de Mengsk.
09:45
10
Better Tomorrow
Um sonho sobre o ponto de vista de Matt Horner justaposto a uma escolha moralística a ser realizada por Raynor e os jogadores a partir do momento em que Tosh aparece com informações sobre a Supremacia. É por isso que a música vai do cruel ao esperançoso, terminando como uma prece pela absolvição de todos.
02:22
11
Card to Play
Terranos and zerg se enfrentam em um vasto campo de batalha no mais sangrento combate da campanha. O general Warfield fica gravemente ferido e sua sobrevivência entra em xeque. Em conjunto com um épico fundo de batalha, onde uma grande orquestra junta-se aos soldados em luta, a música cresce para revelar que o general ainda possui um trunfo na manga.
02:31
12
The Hive
Milhões de zergs... o Enxame está em todos os cantos e os jogadores batalham em áreas dominadas por esta raça traiçoeira. Timbres musicais soam extra-terrenos assim como as criaturas evoluem e marcham em ritmos complexos, naquilo que é o microcosmo de seu reino.
02:31
13
Fire and Fury
A morte cerca Raynor e os sobreviventes do último ataque dos zergs. Mas em meio ao caos, a última peça deste enigma milenar se encaixa para oferecer um perigoso, mas viável, caminho para os terranos. As chances são mínimas, mas Raynor, com a ajuda deste tema, se torna o espírito de esperança rebelde que levanta a determinação de seus soldados... pois é preciso lutar por aquilo que importa.
03:38
14
The Showdown
Tudo chega ao fim. Escolhas foram feitas, muitas no calor do momento, com implicações que podem durar eras. Emoções em contraste e a esperança por um novo amanhecer são retratadas nesta tapeçaria orquestral majestosa, com vocais assombrosos que alcançam algo que simples palavras não conseguem.
03:54
amostra de 30 segundos
Duração total: 01:02:58
Total: 14 Faixas
Sobre este álbum Ler tudo

O universo de StarCraft possui uma vasta gama de influências musicais, personagens e situações originadas em 1998 com o lançamento do jogo original e a expansão Broodwar. A maioria das músicas, na época, foi criada em teclados. Agora, a orquestra de StarCraft II: Wings of Liberty conta com trompas, cordas, sintetizadores, dobros, gaitas, guitarras, corais e uma miríade de cores sônicas, luzes e sombras, intimistas e barulhentas.

Dos caubóis espaciais terranos, profecias antigas dos protoss e mente unificada dos zergs, assim como as complexas personalidades de Jim Raynor, Sarah Kerrigan (agora a Rainha das Lâminas) e o infame Arcturus Mengsk e sua Supremacia – cada história, sentimento, timbre e ritmo deve ser apoiado e representado pela trilha musical. Se o saque do revólver de Raynor parecer um pouco mais rápido ou a presença de Tychus Findley parecer mais imponente por causa de um tema ou trecho de música, é sinal que os compositores e músicos conseguiram criar sua mágica.

A música de StarCraft II foi gravada em vários lugares e nos mais variados estilos. Em nossa busca por uma trilha sonora clássica, "cinematográfica", fomos parar no lendário estúdio de som Skywalker no idílico Lucasfilm Ranch em Marin County, Califórnia. Lá gravamos com 78 músicos incríveis, no estilo de cinema com som sincronizado com imagem. Os profissionais, que vieram da San Francisco Symphony and Opera, são de nível mundial e merecem o prestigioso título de "Skywalker Symphony Orchestra".

Depois das gravações com a orquestra, fomos parar em Seattle, Washington, onde um coral de 32 vozes (multiplicadas para 96 em três faixas) emprestaram seu talento para nossa música. O responsável pela mixagem foi John Kurlander, que não apenas foi o responsável por gravar as trilhas da trilogia "O Senhor dos Anéis", mas também, quando jovem, foi assistente dos Beatles na gravação de "Abbey Road".

Por fim, encontramo-nos em Woodstock, Nova Iorque, onde vários pupilos da banda de Peter Gabriel residem. Lá capturamos a música da banda terrana em uma antiga igreja convertida em estúdio chamada Dreamland. Entre os membros da banda estão o baixista Tony Levin, que acompanhou John Lennon entre outros, e o bateirista Jerry Marotta, que se apresentou por duas vezes na Blizzcon e que já havia tocado ao lado de Paul McCartney e outras grandes lendas.

Algumas gravações também ocorreram no estúdio da Blizzard, com Laurence Jubber, da banda Wings, e o lendário Tommy Morgan na gaita finalizando o que faltava em StarCraft II, em um total de quase quatro horas de músicas inéditas para o jogo e seus vídeos. Cada compositor selecionou seus trechos favoritos e assim foi formado este álbum. Estamos muito orgulhosos da trilha sonora de StarCraft II: Wings of Liberty e esperamos que gostem desta nova adição ao legado musical da Blizzard e StarCraft.

- Russell Brower, diretor de áudio e compositor, Blizzard Entertainment

Fotos Ver tudo
Créditos Ver tudo

Compositores:Glenn Stafford, Derek Duke, Russell Brower, Neal Acree

Música Adicional:Laurence Juber, Cris Velasco, Sascha Dikiciyan, Inon Zur, "Eternal Father, Strong to Save" por William Whiting e John B. Dykes, 1860

Trilha executada pelaThe Skywalker Symphony Orchestra/ Conduzida por Eimear Noone/ Contratante: Janet Ketchum/ Violinos: Laura Albers, Erin Benim, Mariya Borozina, Jeremy Cohen, Joe Edelberg, Connie Gantsweg, Candace Guirao, Robin Hansen, Dawn Harms (Principal), Adrienne Herbert, Maki Ishii, Gloria Justen, Julie Kim, Roy Malan(Concertmaster), Michelle Maruyama, Robin Mayforth, Kayo Miki, Yasushi Ogura, Ellen Pesavento, Deborah Price, Evan Price, Craig Reiss, Barbara Riccardi, Philip Santos, Wenyi Shih, Iris Stone, Marianne Wagner, Heidi Wilcox/Violas: Su Buchignani, Don Ehrlich, Paul Ehrlich, Pam Freund, Marcel Gemperli, Patricia Heller (Principal), Anna Kruger, Polly Malan, Emily Onderdonk, Liz Runnicles, Natalia Vershilova/ Celli: Terry Adams, Michelle Djokic, Victoria Ehrlich, Nina Flyer, David Kadarauch (Principal), Emil Miland, Thalia Moore, Miriam Perkoff/ Bases: Charles Chandler (Principal), Steve D'Amico (Principal), Shinji Eshima, Jon Lancelle, Patrick McCarthy, Michel Taddei, Richard Worn/ Harpa: Sarah Voynow, Anna Maria Mendietta/ Flautas: Janet Ketchum(Principal), Julie McKenzie/ Clarinete:David Neuman (Principal), Jeremy Simas (Principal), Clark Fobes/ Oboés: Marilyn Coyne, Laura Griffiths (Principal)/ Fagotes: Amy Duxbury (Principal), Rufus Olivier/ Trompas: Eric Achen, Meredith Brown, Chris Cooper, Keith Green, Larry Ragent, Kevin Rivard, Bruce Roberts (Principal), Glen Swarts (Principal)/ Trumpetes: Ron Blais, Adam Luftman (Principal), John Pearson/ Trombones: Jeff Budin (Principal), Bruce Chrisp, Tom Hornig, Mark Lawrence(Principal), Dave Ridge/ Tuba: Peter Wahrhaftig/ Piano: Marc Shapiro, Richard Riccardi/ Timpano: John Burgardt/ Percussão: Victor Avdienko, Scott Bleaken, Galen Lemmon (Principal), Artie Storch (Principal)/Violão, Dobro: Laurence Juber/ Gaita: Tommy Morgan/ Teclado: Russell Brower, Glenn Stafford, Derek Duke/ Vocais solo: Laurie Ann Haus, George DeMott/ Cordas adicionais e efeitos: Jonas Laster/ Produção e bateria da StarCraft Terran Band: Jerry Marotta/ Baixo e Stick: Tony Levin/ Violão: Jesse Gress, Ben Butler/ Piano, B3: Daniel Weiss/ Violino: Candy Girard

CoralNorthwest Choirs/ Choirmaster: Joseph Crnko/ Contratante: David Sabee, Simon James/ Sopranos: Beth Ann Bonnecroy, Catherine Haight, Christina Siemens, Joelle Berry, Lara Papadakis, Linda Strandberg, Lisa Pontén, Maria Johnson, Susan Erickson/ Altos: Deborah Stephens, Jennifer Ivester, Kari Frost, Linda Sabee, Mary Jo Dugaw, Melanie Stevens, Melissa Plaggeman, Stacey Sunde/ Tenores: Jacob Winkler, Jeff Dubois, Joel Cummings, John Porter, Nathaniel Papadakis, Owen Bennion, Paul Karaitis, Sam Rodarte/ Baixos: Charles Stephens, Glenn Guhr, Kyle Downs, Loren Ponten, Manard Stewart, Michael Delos, Ron Knoebel, Tommy Adams/ Orquestração: Bill Liston, Penka Kouneva, Tim Davies/ Orquestração adicional: Danail Getz, Philip Klein/ Copistas de Música: Dave Wells, Robert Puff/ Historiador musical: Robert Puff/ Produção das sessões e orquestração: Edo Guidotti/ Mixagem: John Kurlander/ Gravação realizada em: Skywalker Sound, Lucasfilm, Ltd., Marin County, CA (Engenheiros assistentes: Dann Thompson, Judy Kirschner, Robert Gatley/ Operator de Pro Tools, Editor: Andre Zweers)/ Terran Band gravada em: Dreamland, Woodstock, NY e JEL Recording Studios, Newport, CA (Engenheiro: Dave Cook)/ Coral gravado em: Bastyr University Chapel, Seattle, WA (Operador: Kory Kruckenberg/ Gerente de palco: Jon Schluckebier/ Assistentes: John Winters, Brian Valentino)/ Engenharia adicional: Joseph Gauthier/ Produção: Coordenação, Planejamento: Keith Landes, Jay Maguire, Dennis Crabtree, Thomas Pieracci/ Administração de pessoal: Andrea Toyias/ Produtor da trilha: Russell Brower/ Agradecimentos especiais: Aaron, Ethan, Quinn e Susan Stafford, Yuliya e Jasper Duke, famílias Shyshkin e Duke, Helen Werling, Savina Ciaramella, Margaret, Tina e Karen Brower, Margarita Kravets, Kevin Crook, Lynda Do, Sylvia Whiteshield, Jamie Crooks, Shelly Guidotti, Tom Brewer, Leslie Ann Jones, Chris Metzen, Nick Carpenter, Jeff Chamberlain, Matt Samia, Frank Pearce, Mike Morhaime, Paul Sams e todo o departamento de som da Blizzard Entertainment.

Gostaríamos de estender nossa gratidão à nossa maravilhosa família de músicos – obrigado!!