Engenheiros constroem a fundação
dos nossos jogos e serviços.

Os programadores da Blizzard criam estruturas que permitem que milhares de jogadores joguem juntos. Eles destilam códigos complexos em processos diretos que ajudam a criar conteúdo de forma mais eficiente e permitem jogos cada vez mais impressionantes. Eles mantêm bases de dados complexas de habilidades, contas e personagens em mais de doze regiões em todo o mundo. O bom engenheiro lida com potencialização. Potencializar uma equipe criativa para criar jogos incríveis e potencializar os jogadores para curtirem mais do que jamais sonharam.

Como engenheiro, você codificará o cerne das experiências dos jogadores, sempre tentando melhorar a quantidade de diversão que eles têm e aprofundar a relação deles com os jogos. Você forçará os limites do que é possível em um videogame, porque é mais divertido assim.

Elementos da engenharia na Blizzard

  • Diga sim. Nossos colegas nos procuram para solucionar problemas, concretizar uma visão compartilhada e discutir alternativas quando não podemos oferecer exatamente o que estão procurando. Quando uma ideia é boa, sugerimos maneiras de melhorá-la ainda mais.
  • Concentre-se no usuário – nossos colegas e os jogadores. Depois de identificarmos as prioridades deles, é importante mantê-las em mente do início ao fim do projeto. Nossas soluções têm que ser rápidas, eficientes e flexíveis, mas também têm que ser entregues da forma que nossos usuários esperam.
  • Comunique-se e colabore constantemente, compartilhando código, algoritmos, pesquisas e ideias para levar a Blizzard adiante. Quando trabalhamos com nossos colegas para obter um resultado final superior, todos ficam inteirados, permanecendo profissionais, humildes, polidos e diretos por todo o processo.
  • Mantenha a simplicidade. Escrevemos os códigos de todos os sistemas com um objetivo claro em mente, buscando mantê-los tão simples quanto possível (nem mais nem menos). Não criamos novas soluções quando já existem outras apropriadas.
  • Planeje sempre uma revisão. Quanto mais cedo expusermos os problemas, mais rápido desenvolveremos soluções robustas. Esperamos mudanças e também manter nosso código flexível e versátil. Testamos os conceitos em esboços antes de avançar para soluções sustentáveis.

Informações sobre inscrição

  • Sua carta de apresentação
  • Diga-nos o que empolga você em trabalhar para a Blizzard. Com que você sonha em contribuir?
  • Descreva suas capacidades únicas, as qualidades que nem todos os candidatos têm.
  • Ao descrever suas habilidades, explique sua abordagem de solução de problemas. Quando você se depara com desafios de engenharia, como os resolve? E se várias soluções se apresentarem? Como você limita o retrabalho, o déficit técnico e as inconsistências no corpo do código?
  • Conte-nos o que torna você um engenheiro eficiente. Como você avalia um código "bem-sucedido"? Como você sabe que o trabalho está completo?
  • Revise! Sua carta de apresentação deve ser tão polida (sucinta, legível e com gramática correta) quanto o trabalho que você realiza na construção da infraestrutura dos jogos e serviços da Blizzard.
  • Seu currículo
  • Concentre-se em experiências relevantes - o que na sua história faz de você um bom planejador, montador, colaborador em equipe ou visionário?
  • Detalhe as linguagens de programação (C++, Java, etc) e os tipos de projetos de engenharia (móvel, servidor, web, físico, etc) que você tem no seu histórico. O trabalho de engenharia na Blizzard é altamente diverso e, apesar de equipes específicas trabalharem com a mesma linguagem e compartilharem bibliotecas de códigos, seu conhecimento pode ajudar a construir novos projetos (ou melhorar os antigos), às vezes quando menos se espera.
  • Para os projetos que você listar no seu currículo, diga-nos quais foram as suas contribuições específicas (mais detalhadamente do que "eu trabalhei no jogo X"). Quais elementos tecnológicos você contribuiu para a criação? Como você os completou e o quão bem-sucedidos eles foram? Cada projeto e cada equipe são únicos e têm suas lições e culturas próprias para se aprender.
  • Se você participou de teste de unidade ou escreveu documentos de códigos, conte-nos sobre isso!
  • Seu portfólio
  • Nossas necessidades de portfólio variam de cargo para cargo, mas, de modo geral, você deve investir em enviar links para um repositório do seu trabalho (ou arquivos por e-mail) e amostras de códigos completas, em vez de fragmentos.
  • Inclua quaisquer aplicativos ou sites em que tenha trabalhado e que você acha que contêm seus melhores códigos e mais funcionais – quanto mais recentes, melhor. Teoria ou projetos em andamento são bacanas, mas teremos uma ideia muito melhor das suas habilidades se você puder mostrar projetos concluídos, que nós possamos testar para ver se apresentam problema.
  • Um site de portfólio é uma ótima maneira de mostrar seu trabalho e garantir que será rápido e fácil para nós revisarmos. Forneça um índice do conteúdo do seu portfólio para garantir que nós possamos entender o que há nele, mantendo-o sempre atualizado. Se você faz diferentes tipos de trabalho (web design, engenharia front-end e back-end, por exemplo), ajude nossos recrutadores a encontrar o que é relevante com links organizados ou navegação intuitiva.
  • Se seu portfólio for adequado para o trabalho, prepare-se para fazer um teste de código cronometrado!

Informações sobre experiência

  • Informações sobre experiência Em trabalhos de engenharia, a experiência pode vir de diversos lugares – se quiser viver de código, você pode começar a aprender agora mesmo.
  • Familiarize-se com várias linguagens e repositórios de código – na Blizzard, o trabalho com códigos é mais amplo do que só "fazer jogos": temos websites, ferramentas, servidores, automação de testes e muito mais.
  • Escolha uma linguagem ou engine comum e use-a para criar amostras – existem vários programas e comunidades disponíveis gratuitamente para ajudar você a aprender, dirimir seus problemas e mostrar seu trabalho para o mundo. Termine sempre o que começar – sem exemplos completos, não poderemos avaliar com qualidade sua produção.
  • Participe de uma análise de código – seja numa colaboração em um projeto pessoal ou trabalhando na arquitetura de uma game engine grande demais para concluir sozinho, você terá mais chances de ser útil numa equipe de engenharia se provar que é capaz de manter padrões, analisar o trabalho dos colegas e aprender com as análises do seu código.
  • Trabalhe com outro desenvolvedor. Trabalhar com outro desenvolvedor concede a você a experiência de trabalhar em equipe e criar algo colaborativamente.
  • Formação Educação, no fim das contas, vem depois de talento e experiência na implementação do seu trabalho, mas aulas podem ajudar você a se tornar um engenheiro melhor.
  • Estude ou se forme em Ciência da Computação, Inteligência Artificial, Design de Jogos, Matemática ou outras áreas relacionadas.
  • Aprenda as "melhores práticas" da engenharia – busque compreender como usar bibliotecas de código, como comentar código, como escrever classes e strings legíveis e bem organizadas, como (e com que frequência) comunicar alterações aos seus colegas.
  • Torne-se um autor de código proficiente – como engenheiro da Blizzard, você terá que escrever códigos em tempo real e solucionar problemas com pouco tempo para pesquisa e preparação. Quanto mais tempo você passar escrevendo código para si (e praticando diariamente), mais natural será sua adaptação a essas situações.